É justo isso?

É justo isso?
Apoie!

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

A origem e o significado da palavra "filosofia"


A tradição filosófica ocidental surgiu por volta do século VI a.C. nas colônias gregas da Jônia, na Ásia Menor, iniciada pelo matemático Tales de Mileto. No entanto, atribui-se a Pitágoras de Samos, outro autor de um famoso teorema, a invenção da palavra "filosofia".

Ao pé da letra, "filosofia" significa "amor à sabedoria". Mas não se trata aqui de qualquer amor. Em grego as palavras são diferentes, dependo do amor ao qual você esteja se referindo. Por exemplo, se estiver falando do amor entre homem e mulher, do amor para gerar filhos, do amor dito carnal, a palavra é "eros" (o mesmo nome do deus do amor da mitologia grega, chamado de "Cupido" pelos romanos, representado geralmente por um anjinho pelado que sai por aí flechando corações que se apaixonam). É dessa palavra que derivam, em português, o substantivo "erotismo" e o adjetivo "erótico".

Se você estiver querendo significar o amor incondicional, aquele que o Deus cristão sente pela humanidade, que uma mãe sente pelos seus filhos, aquele mesmo que faz alguém doar a própria vida pelo seu próximo, o amor se diz "ágape" (a propósito, na tradição cristã, o "ágape" vai ser associado ao amor profundo e verdadeiro, ao passo em que o "Eros" estará mais para uma tentação do Cão).

Agora, se você estiver falando do amor que aproxima as pessoas por afinidade, se estiver falando da amizade, amor é "philia", donde deriva a palavra "philo", que se une à palavra "sophia" (sabedoria) para construir o significado literal do vocábulo "filosofia". De acordo com Pitágoras, a plena sabedoria pertencia aos deuses, mas os homens poderiam amá-la e desejá-la, e, dessa forma, tornarem-se "filósofos", isto é, "amigos da sabedoria".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este espaço é para você, fiel leitor(a). Deixe o seu comentário acerca do texto que acabou de ler...